Pages

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Miss Dior Absolutely Blooming


Miss Dior, Miss Dior Chérie, Miss Dior Blooming Bouquet (x3), são os frascos que adornam o meu toucador em casa. Desde o frasco ao aroma maravilhoso (que imagino que seja o cheiro a Paris na Primavera), não há perfume da linha que não me tenha apaixonado. 


E não é que agora chega o Absolutely Blooming? 

Com a nota base de Almíscar branco e as notas médias da peónia (minha flor favorita) e a rosa como da sua antecessora, a novidade do Absolutely Blooming está nas notas principais frutadas. Com uma mistura de framboesa, groselha, romã e pimenta rosa, aposto que a mais nova fragrância Miss Dior tem um spice mais aventureiro ao romance do Blooming Bouquet

O meu problema vai ser manter a minha conta bancária estável a partir de 1 de Setembro, data do lançamento mundial.

Quem mais está entusiasmado? (É a primeira vez que o lançamento de um perfume de deixa tão curiosa, tenho de admitir) 

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Produtos acabados Lux Edition


Imaginem a minha cara quando tudo isto acabou ao mesmo tempo. Vá, o final da máscara da YSL já não é tão recente mas ainda assim o sofrimento de ver tudo isto a acabar é dose. Ao menos livrei-me de alguns ovos podres que andava desejosa de substituir.

Vamos ver what's hot e what's not?


Chanel Perfection Lumière Velvet - Sem dúvida A base. Nem posso acreditar que a minha loooonga busca pela base perfeita terminou. A minha sina? É Chanel e tenho de abrir os cordões à bolsa. Quando acabou ainda ponderei substitui-la pela Healthy Mix que também é bastante boa. Contudo, no dia em que ia buscar a da Bourjois foi quando fui à Urban Decay comprar o meu Vice. Quando estou na boutique o maquilhador da UD diz-me "adoro a tua pele, está perfeita" e eu não precisei de pensar duas vezes. Selo de aprovação de um maquilhador da UD? Yes, please! Já comprei uma segunda embalagem com 20% de desconto porque ouch!. Preço: 42€ na Douglas (onde é mais barata que na Sephora). Mais aqui. 


YSL Volume Effet Faux Cills - Esta máscara foi uma surpresa. Veio num conjunto de Natal e eu fiquei logo deprimida quando vi que não era a Babydoll mas, sinceramente, fiquei bastante feliz por experimentar a underdog da YSL. Esta é sem dúvida daquelas máscaras que melhora quando seca um pouco. Dá imenso volume, algum comprimento e é super preta. Sem dúvida que a compraria de novo... em saldos porque há que escolher as batalhas. Preço: Not sure porque veio num kit. Mais aqui.



Kiko 372 - Já é a quarta embalagem. Adoro os vernizes da Kiko, duram-me uma semana sem problemas e eu costumo lavar louça à mão. A cor é super delicada e elegante. Preço: 1,90€ na Kiko. 


The Body Shop Manteiga Desmaquilhante de Camomila - O melhor desmaquilhante que já usei. Ainda hoje rogo pragas a mim mesma por me ter aventurado a ter trazido outro para casa. É super gentil na pele, remove totalmente a maquilhagem, incluso quando é resistente à àgua, e não é preciso esfregar para que seja eficaz. Preço: 14€ na The Body Shop. Mais aqui. 


YSL Touch Éclat - O melhor iluminador! Adoro usá-lo debaixo dos olhos. Como não sofro de olheiras (muahahaha) ilumina-me imediatamente o olhar sem grande esforço. Além disso ajuda-me a remover algumas rugas de expressão (buahahah) e dá-me um ar totalmente flawless. Já recomprei uma segunda embalagem. Preço: 23€ na Primor. Mais aqui.


Kat Von D Tattoo Liner - A maior desilusão de eyeliner que já experimentei. Apesar da caneta ser super prática e com cerdas de imensa qualidade (a ponta é um conjunto de cerdas em forma de pincel pontiagudo, não uma ponta em felcro como a maioria), a pigmentação deixa muito a desejar. É preciso abanar imenso entre utilizações e tem uma quantidade ridiculamente pequena para o preço. Se o factor prova de água é importante para vocês, ele quanto muito é resistente à água, não waterproof como é etiquetado. Preço: 20€ na Sephora Espanha. Mais aqui.


Too Faced Better Than Sex - Esta é daquelas máscaras que deslumbra na primeira semana e depois torna-se um pesadelo. Tinha imenso fall out, acabava sempre com pintas pretas na cara, não aguentava o encaracolado da pestana e não dá um comprimento impressionante. Estou bem mais satisfeita com uma da Maybelline. Preço: 23€ na Sephora. Mais aqui. 

Já experimentaram algum destes produtos? Qual a vossa opinião deles? 

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Le Insta en rose

@martaxrodrigues

Esta semana toda a minha maquilhagem decidiu acabar ao mesmo tempo. Na semana passada foi-se a base a máscara, esta o eyeliner, o concealer para os olhos e o meu verniz favorito. A pior parte é que o meu pó compacto também está a dar as últimas. A única parte positiva é que posso fazer um post com os produtos acabados pretty soon

Junto com as compras decidi trazer para casa uma blusa rendada (que adoro!) e um chocker rosa porque... bem, é um chocker e é rosa e basicamente isso sou eu ultimamente em duas palavras.

Também decidi experimentar o penteado da Ariana Grande e digamos que entendi o porquê de raramente variar, o half up/half down hair do é realmente super favorecedor. 

Tudo o resto é la vie en rose.

O que é que o vosso insta diz da vossa ultima semana? 

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Nail Envy? As minhas dicas e truques



Cada vez que publico fotos das minhas unhas no instagram há sempre alguma alminha (leia-se aconteceu duas vezes mas quero parecer importante) que se interessa em como as mantenho assim.

Sinceramente os meus truques não são revolucionários mas comigo são infalíveis. Para começar eu era menina de roer as unhas, cutículas tudo. Eu andei nos escuteiros e andava sempre com terra nas unhas, com elas partidas e às vezes cortava-as tão curtinhas que doía. Por isso a desculpa do "ai roía as unhas quando era nova" não resulta comigo. Sim que pode influenciar, não o ponho de lado, mas não é factor decisivo. Além disso eu também lavo louça à mão e as minhas unhas sobrevivem melhor que as Destiny's Child numa ilha deserta. Querem saber como? 


Os meus truques e dicas são bastante simples:

Alimentação - A minha dieta é 90% legumes, vegetais e fruta (os outros 10% são vergonhosos) e a verdade é que isso ajuda imenso. Não bebo leite animal portanto a conversa do "o cálcio do leitinho ajuda" não funciona comigo. Muitos dos nutrientes que necessitamos estão nesses grupos alimentares, incluindo o cálcio. 

O corte - Ou a falta dele. Há quase dois anos que não corto as unhas, apenas as limo. Posso controlar o comprimento, o formato e não corro o risco de ficar com dores, unhas encravadas ou outro tipo de infecções.

Hidratação - Hidratem essas cutículas. Ter unhas bonitas não é só a parte de cresce, é o que rodeia também.

Os utensílios - A lima que uso não é daquelas metálicas é uma pensada para unhas de gel (tipo isto). Por alguma razão são as funcionam melhor comigo. Não me estragam as unhas e acho-as menos evasivas.

Costumam cuidar das vossas unhas? Quais os vossos truques? 

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

"Já não tens coisas rosa suficientes?"


"Não.", é sempre a minha resposta. Há anos, ANOS, que levo com esta pergunta. "Outro batom rosa?"; "Já não tinhas uma camisa rosa?"; "Não te cansas?" e, a que mais me enfurece, "Já não és demasiado velha para isso?". E eu pergunto-me: Porque é que vêem defecar na minha felicidade?

Por alguma razão associar a nossa felicidade à estética ainda é visto como algo fútil. Se nos queremos rodear de coisas bonitas, ir às compras e ficamos genuinamente felizes com coisas com uma estética que nos agrada somos logo umas tontas (sim, no feminino. Porque apesar de os rapazes cada vez mais se preocuparem com a estética, só a mulher é que é tontinha por mostrar a sua felicidade em associar-se a coisas bonitas). 

Vamos pôr as coisas destes modos: eu não compro o livro pela capa. Avalio a história, o contexto, reviews, autor, questão socio-cultural em que foi escrito, etc. Agora se vou procurar a edição com a capa mais bonita? Podem ter a certeza que sim. Isso vai mudar alguma coisa? Não, o conteúdo é o mesmo.

A mesma premissa aplica-se à pessoa que se maquilha todos os dias, que passa horas na Zara Home a pensar em como pôr a casa mais bonita ou àquela que escolhe o modelo de telemóvel porque existe uma versão rosa (olá!). Isso torna-a uni-dimensional, infantil ou fútil? Nada disso. Para mim até pelo contrário, saber o que se quer é muito bonito.

Eu tenho 24 anos, levanto-me 1h mais cedo para me maquilhar, gosto da Hello Kitty, ir às compras e sim, gostava de escrever para a Vogue. Mas também sou a pessoa obcecada com clássicos, principalmente os que relatam a decadência da psicologia humana quando confrontada pela ganância, educo-me em temas que desconheço (como o caso dos refugiados - tive uma colega que fez voluntariado num campo grego e instrui-me imenso junto dela). 
Nos fins-de-semana posso ver um filme da Disney ou passar um dia no site da BBC a ler artigos de toda uma variedade temática (sabiam que está a ser crowdfunded uma forma de criar carne animal em laboratório através das células animais para manter a sustentabilidade e acabar com a crueldade animal sem ter de obrigar o mundo inteiro a tornar-se vegan? Chama-se SuperMeat.).

E agora, onde é que o excesso de cor-de-rosa me define no meio disto?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...